segunda-feira, setembro 18, 2006

Sta.Marinha - Vilar de Perdizes


17 de Setembro de 2006
As festas pequenas são sempre as mais lindas e genuinas.
Ainda não estão poluidas com ciganos, marroquinos, chineses, etc,...
... vendendo no chão artefactos de qualidade e origem duvidosa.
Não, nos é, aqui metida pelos olhos dentro a parafernália de inutilidades contrafeitas.
Estas festas, simples, apenas são, o simples convivio entre barrosões.
Ao mesmo tempo que recordam e se reencontram velhas amizades na mais sã das convivências.
No pedaço de monte em 2º plano já é territorio espanhol.
Pois fica do lado de lá, do rio.
Rio que, segundo a lenda, a Sta. Marinha não teria conseguido atravessar, devido ao grande caudal do momento, e então ficou do lado de cá.
Enquanto alguns conversam outros divertem-se com jogos populares como no pequeno aglomerado circular .

0 Comentários:

Enviar um comentário

Links para este post:

Criar uma hiperligação

<< Início